Recent

% | $
Quotes you view appear here for quick access.

Ternium S.A. Message Board

  • minigirl173 minigirl173 Jul 27, 2012 5:33 PM Flag

    CEO Julián Eguren fala dos desafios da Usiminas

    he is going to make it. and Usiminas will go up several times from here

    IPATINGA - Depois de participar da cerimônia de abertura da 24ª Expo Usipa, já no estande da empresa, o presidente da Usiminas, Julián Eguren falou com a imprensa sobre as mudanças previstas dentro da empresa, na competição por um espaço maior no mercado de aço. Otimizar sua eficiência, principalmente para exportar mais produtos, é o que defende o presidente: “A Usiminas funciona como um todo, Ipatinga e Cubatão, e a empresa está em um ciclo final de um grande período de investimentos. A Usiminas, nos últimos anos, investiu mais de R$ 11 bilhões, mas ao mesmo tempo, são dois ciclos, e agora os investimentos da siderurgia diminuem um pouco, e aumentam os investimentos na mineração. No momento, o grande desafio da Usiminas realmente é tornar produtivos todos os investimentos que foram feitos. Estão todos na curva de arranque e depois vem um novo ciclo”, diz Eguren.

    O aço importado vem absorvendo cada vez mais fatias do brasileiro em algumas linhas de produtos no país, diz o executivo, e isso torna o momento desfavorável para a Usiminas. Para enfrentar a crise, o presidente explica que a empresa pretende se tornar ainda mais competitiva: “O momento realmente é difícil. Além do fato de a demanda do Brasil não estar muito sólida, temos grande volume de produtos importados. Portanto, precisamos substituir essas importações, e para isso temos que ser muito competitivos. Temos que treinar pessoal, temos que trabalhar muito em nossa eficiência, diminuindo os custos de produção. Temos mercado, mas precisamos recuperar a nossa competitividade. Ainda que a situação continue difícil, temos uma oportunidade e temos que mostrar que somos capazes de capitalizar isso”.

    Ainda conforme Eguren, “não tenho nenhuma dúvida de que a Usiminas continuará sendo empresa âncora no Vale do Aço, não só para Ipatinga, mas também do sistema industrial do país. A empresa continuará tendo essa liderança. Fornecemos para clientes como montadoras, empresas de autopeças e grandes indústrias. Somos protagonistas no setor industrial do país. Agora, mudanças são necessárias para contribuir para recuperar a competitividade”, insistiu.

    Unigal e sede da empresa
    Segundo ele, nesse sentido estão previstas mudanças na usina de Ipatinga: “Estamos pensando de que maneira podemos tornar a usina mais eficiente. Um exemplo é que temos algumas instalações que estão com nível baixo de ocupação e elas têm que ser desativadas, enquanto outras devem ser potencializadas. As mudanças são neste nível, todas de configuração industrial. Estamos analisando e fazendo todas. Mas vamos continuar com os investimentos de manutenção e pretendemos aumentar esses investimentos e também em equipamentos na nova linha de galvanizados da Unigal. E nosso desafio é encontrar um novo mercado para essa linha, que é moderna. Talvez exportar para outros países, buscar quais serão, e isso é um desafio”, afirma Eguren.

    O presidente desmente os rumores sobre a mudança da sede administrativa da empresa em Belo Horizonte para São Paulo: “Assim como estamos falando que temos que recuperar a eficiência e produtividade, também temos que recuperar o relacionamento com o nosso cliente. Uma parte grande e importante dos clientes da Usiminas reside em São Paulo. Todos nós estamos viajando muito para visitar todos. Assim damos a entender que precisamos dos clientes. Estamos levantando suas necessidades, estamos em movimentação, mas a sede da Usiminas permanece em BH, não há planos para fazer essa mudança”, garantiu.

 
TX
18.94-0.40(-2.07%)Apr 21 4:01 PMEDT